Painel do Associado
Seja bem vindo ao
PAINEL DO ASSOCIADO


Voltar
RECUPERAÇÃO
DE SENHA

Atenção, enviamos o e-mail de recuperação de senha para:

Por favor, verifique seu e-mail para recuperar sua senha.

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica e do Audiovisual dos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins e Distrito Federal.

Voltar
Notícias
publicado em 03/03/2021 - Notícias

COMUNICADO COLETIVO DAS ENTIDADES DO SETOR AUDIOVISUAL DE 03/03/2021

Como medida para conter o avanço do número de casos e número de óbitos de Covid-19, bem como para assegurar a sustentabilidade do sistema hospitalar frente à crise de saúde pública, o Governo do Estado de São Paulo implementou medidas mais restritivas a partir do dia 06 de março de 2021.
A referida decisão é voltada sobretudo para os serviços com atendimento presencial ao público, não atingindo as atividades industriais, das quais a produção audiovisual faz parte. E como atividade industrial, o Setor Audiovisual deve cumprir o Protocolo elaborado em conjunto por agentes do próprio setor.
Neste contexto, na quarta-feira (03 de março) as entidades representativas signatárias do Protocolo reuniram-se para avaliar a situação. Decorrente dessa reunião, o SIAESP, SINDCINE e a APRO recomendam que as filmagens de novos projetos deverão ter seus riscos avaliados e eventualmente postergadas.
Excepcionalmente, mantém-se a possibilidade de realização de filmagens, com observância de todos os dispositivos da Fase 2 do Protocolo, com as seguintes alterações:

  • Privilegiar o trabalho remoto em todas as fases, especialmente na pré-produção;
  • Utilizar transporte próprio ou da produção, às custas da produtora (vedado o uso de transporte público);
  • Observar cronograma da publicidade, respeitando a carga horária dentro dos padrões estabelecidos no protocolo (máximo de 12h em TODAS as fases);
  • Fornecer alimentação para equipe home office;
  • Respeitar o limite máximo de 20 pessoas no set, observando o distanciamento mínimo de 1,5m, previsto no protocolo;
  • Respeitar o limite máximo de 10 pessoas em cada atividade coletiva, que não seja a filmagem;
  • A validade dos testes, pré requisito para as atividades presenciais, será de 4 dias, inclusive na pré-produção.

Tal medida só foi possível, em virtude do histórico do setor neste período de pandemia ter apresentado ótimos índices de segurança e preservação da saúde e vida de todas as pessoas que trabalham diretamente na atividade. O protocolo elaborado pelas entidades de produtores e dos trabalhadores mostrou completa eficácia e se tornou um instrumento de referência para muitos setores econômicos brasileiros, mas especialmente para diversos agentes internacionais da comunicação e do conteúdo audiovisual.
As entidades signatárias, nesta data, considerando a necessidade de redobrar os cuidados e o monitoramento do setor constituíram o Comitê de Contingência, que estará atento a qualquer risco concreto na nossa atividade e poderá recomendar novas deliberações e atualizações ao Protocolo, além de se por à disposição para colaborar com as autoridades no sentido de buscar novas formas de proteção que possam minimizar os índices de contaminação na Cidade de São Paulo.
 
São Paulo, 03 de Março de 2021.

SIAESP / SINDCINE / APRO
 

Sindcine é uma marca registrada. Todos os direitos reservados.
Carregando . . .