Painel do Associado
Seja bem vindo ao
PAINEL DO ASSOCIADO


Voltar
RECUPERAÇÃO
DE SENHA

Atenção, enviamos o e-mail de recuperação de senha para:

Por favor, verifique seu e-mail para recuperar sua senha.

Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica e do Audiovisual dos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins e Distrito Federal.

Voltar
Notícias
publicado em 04/06/2020 - Notícias

DEBATE BUSCA PROTOCOLO PARA RETORNO NAS ATIVIDADES DO AUDIOVISUAL



Trabalhadores na indústria cinematográfica e entidades patronais do setor buscam definir um protocolo de trabalho ante a pandemia do coronavírus. São várias as iniciativas. 

Um delas ocorreu em 28 de maio, por vídeoconferência. Participaram Simonni Mendonça, presidente da Siaesp - sindicato patronal; Marianna Souza, presidente da Apro - associação das produtoras, Sonia Santana, presidente do Sindicine (trabalhadores), e José Alexandre, presidente da Abele - associação das locadoras.

O debate não tratou só da retomada das atividades. Foram abordadas, ainda, questões, como medidas de prevenção, novos caminhos na produção e exemplos adotados em países.
Sonia Santana destaca que houve grande interesse. Ela diz: “O limite  de participação eram 500 pessoas. Mas 1.800 mostraram interesse”. Para a dirigente, “as condições não serão mais as mesmas, porque a pandemia vai mudar inclusive as relações com os clientes”. Ela também vê mudanças e redução nas jornadas.

Formas - A busca desse protocolo se apoia na questão trabalhista e nas condições de trabalho. “Na parte trabalhista, os debates ficam entre representantes de trabalhadores e dos empregadores - ou seja, de sindicato pra sindicato”.

Quando finalizado, o protocolo deverá ser encaminhado à Prefeitura, à SPCine e a outras entidades. Sonia Santana adianta que será necessário limitar o número de pessoas por ambiente de trabalho ou dentro de set, mantendo-se o distanciamento. A abrangência deverá cobrir as atividades da indústria do audiovisual. A dirigente antevê crescimento do trabalho remoto ainda.

Exterior - Países que retomaram as atividades no setor de audiovisual, por dispor de uma base hospitalar robusta, registram baixa ocupação nas UTIs, relata Sonia Santana.

Sindcine é uma marca registrada. Todos os direitos reservados.
Carregando . . .